8 fetiches comuns (mas que quase ninguém fala)

Fetiche: desejos sexuais por alguma parte do corpo, algum lugar inusitado, utilização de acessórios sexuais, fantasias e etc…

Muitos tem vergonha de assumir seus fetiches com medo de serem julgados ou até mesmo de receber piadas, mas aqui vai uma dica: não deixem esses fetiches guardados pra você! Quando você diz a verdade em relação a isso, faz com que desperte a curiosidade e vontade no outro. Além de que a relação fica muito mais íntima quando o fetiche é realizado!

Abaixo seguem alguns dos fetiches mais comuns:

1 . Podolatria

É o desejo sexual por pés! Achou estranho? Acredite se quiser, esse fetiche é muito comum.

Existem dois tipos de fetiche que são bastante comuns quando falamos de pé: o primeiro é pela estética, ou seja, limita-se apenas ao fato de olhar para o pé do parceiro, beijar, acariciar e elogiar.

Já o segundo tipo é o de cunho sexual, ou seja, são aqueles que curtem esfregar seus órgãos genitais no pé do parceiro a até mesmo sentir um orgasmo fazendo isso!

Depois dessa vamos deixar os cuidados com o pé em dia, heim? rs…

2.  Sexo Anal

Acredita-se que essa prática sexual ainda seja um fetiche por quase todos os homens, pelo simples fato de ainda ser um tabu. Os homens, ao terem relação sexual anal, sentem o prazer pelo desafio, dominação e conquista, já que é um mistério saber se a parceira gosta!

Até mesmo o simples fato de perguntar se a mulher gosta é um tabu. Então, quando a parceira cede, pode ter certeza que o homem já vai riscar da lista de conquistas.

3. SWING

Atire a primeira pedra de quem nunca passou pela cabeça pelo menos saber como funciona uma casa de SWING?

Swing é prática sexual na qual um casal ou dois parceiros decidem que estão com vontade de incluir mais pessoas na relação sexual. No Swing, assim como todas as práticas sexuais, todos tem que estar de acordo com as regras.

Não necessariamente todos precisam praticar do ato sexual, tem pessoas que preferem apenas  ficar apenas observado. Quem dita as regras são os envolvidos.

Nessa prática é essencial manter o respeito entre os participantes.

4. Menáge à trois

O famoso sexo a três. Nesse fetiche o casal convida uma terceira pessoa para participar de uma noite de sexo.

Um dos maiores fetiches do homem é o Menáge ser entre ele e mais duas mulheres, mas aí vai da vontade das três partes envolvidas.

Vale convidar alguém de bastante confiança e íntima do casal ou até mesmo contratar um/uma profissional para realizar a fantasia. Na segunda opção é mais interessante para os mais tímidos, pois trata-se de uma pessoa especialista e que não interfere no dia a dia do casal.

E você, já pensou em sugerir para seu parceiro/a?

5. Voyeursimo:

No idioma francês, a palavra Voyer significa “aquele que vê”. Ou seja, essa prática de fetiche descreve uma pessoa que sente excitação sexual em assistir outra pessoa se despir, nua ou praticando uma atividade sexual.

Na maior parte das vezes, o voyeur não costuma se relacionar diretamente com as pessoas que observa e espia essas pessoas porque isso lhe dá prazer sexual. 

Tente só observar seu parceiro/a, vai te dar tesão!

6. Sexo Virtual

A tecnologia não serve apenas para salvar nossa vida corrida do dia a dia. Já pensou em usar a favor do prazer?

Nessa prática o sexo é feito virtualmente e pode ocorrer das seguintes maneiras: mensagens, ligações, chamadas de videos, webcam, entre outros.

Muito útil para relacionamentos à distância ou até mesmo para aqueles casais que nunca se conheceram pessoalmente e namoram via web.

Que tal mandar agora uma mensagem picante ou até mesmo um nude para o seu parceiro/a? 

7. Lugares Públicos

Já pensou em transar no elevador, escada do prédio, praia, rua, avião e qualquer lugar público?

Esse fetiche vale muito a pena ser realizado. O risco e o frio na barriga de serem pegos deixa o sexo ainda mais prazeroso e com um nível alto de adrenalina. 

8.  Menofilia

Traduzindo: prática sexual em que a excitação sexual é provocada por mulheres menstruadas.

Sim, a excitação por sangue menstrual existe. Homens que gostam de sentir o gosto, a textura e/ou mesmo o cheiro do sangue liberado pelo corpo feminino são mais comuns do que você imagina.

Lembrando que não há nenhum problema em transar menstruada, ok? Só vale redobrar os cuidados, pois o período menstrual facilita a contração de DSTs (Doenças sexualmente transmissíveis).

Tem alguma sugestão a mais para acrescentarmos nessa lista? Mande um email para contato@niix.com.br 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s