BDSM: você sabe o que é?

Afinal, o que essa sigla significa? Bondage, Disciplina, Dominação e Submissão, Sadismo e Masoquismo. UFA… quanta coisa, né?

O objetivo do BDSM é trazer prazer através da troca erótica de poder, que pode ou não envolver dor, submissão, tortura psicológica e outras práticas, que são previamente combinadas entre o casal, para que ambos consigam atingir as sensações que procuram. 

Listamos algumas práticas comum do BDSM

Bondage: é a arte de amarrar o parceiro/a. pode ser com cordas, correntes e algemas, entre outros.

Disciplina: aqui a arte é disciplinar ou ser disciplinado com obtenção de diversos objetivos. A mesma é consentida, mas há uma certa manipulação para que o parceiro ultrapasse os seus próprios limites, para que o parceiro possa castigar o outro. Mas não esqueça de respeitar o outro.

Dominação: é alguém que sente prazer no poder que tem em controlar fisicamente e psicologicamente o submisso. Lembrem-se: Tem de respeitar, sempre, os limites impostos pelo submisso.

Submissão:  é alguém que sente prazer em receber e cumprir ordens e  se submeter aos gostos e vontades do seu Dominador.

Sadismo: sexo seguro e consentido e que utiliza a dor para excitar seus parceiros, uma vez que sentem prazer nisso. 

Masoquismo: é o contrário de Sadismo. Aqui a pessoa sente prazer através da dor que lhe é causada.

Depois de entender o significado de cada um, é legal relembrar que isso não é, e nem pode ser, tratado como violência! Isso é uma prática sexual.

Com o sucesso do filme “50 tons de cinza” a prática de BSDM teve um aumento enorme de procura na internet.

E pra quem viu o filme, quem se lembra da “Safeword”, ou melhor: palavra de segurança? Para os adeptos de BSDM é muito importante isso. É combinado entre as partes envolvidas uma palavra de segurança para indicar se atingiu um determinado tipo de limite físico ou psicológico, ou de que alguma coisa não está bem. Ou pelo simples fato de não estar sentido prazer ou se quiser parar.

As palavras podem ser criadas pelos envolvidos na parte. Mas caso a imaginação não esteja legal na hora, uma boa dica é usar: Vermelho, amarelo e verde. Indicados em caso de parar, chamar atenção e avançar, respectivamente.

Que tal experimentar essa prática e dar uma inovada? Um primeiro passo legal e mais singelo é o uso de algemas. #ficaadica

Tem dúvidas sobre o tema acima? Mande um email para contato@niix.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s